Sonomax, Apnéia, Ronco, Cpaps, Artigos

Apneia do sono e perda de audição

Homens com problemas para dormir podem ter risco 48% maior de surdez

Um estudo publicado no Archives of Otolaryngology - Head & Neck Surgery estabeleceu uma relação entre a apnéia do sono e a perda repentina da audição, mal que atinge quatro mil pessoas anualmente nos Estados Unidos, segundo o National Institutes of Health. A análise foi liderada por pesquisadores da Taipei Medical University Hospital, em Taiwan.

Foram analisados dados médicos de 3.200 taiwaneses com perda repentina de audição entre 2000 e 2008. Cada paciente foi comparado a outros cinco da mesma idade e sexo, mas sem problemas de surdez. No total, foram examinadas 19 mil pessoas. Dessas, 240 foram diagnosticadas com apnéia do sono e, posteriormente, um episódio de perda de audição repentina.

Em seguida, os especialistas analisaram os hábitos de vida desses indivíduos que poderiam ter ligação com problemas para dormir e de audição, como obesidade e problemas cardíacos. A diferença absoluta entre os dois grupos não foi tão divergente. Apenas 1,7% das pessoas com perda de audição tinham apneia do sono, enquanto que 1,2% com problemas para dormir não tinham problemas de surdez. Entretanto, eles descobriram que homens com perda repentina de audição tinham uma probabilidade 48% maior de ter apnéia do sono em comparação aos demais pacientes.

Os pesquisadores acreditam que a apnéia do sono, conhecida por aumentar o acúmulo de placas nos vasos sanguíneos, pode afetar vasos em regiões do cérebro que controlam a audição ou ainda vasos que nutrem os nervos responsáveis pela audição.


Fonte: http://www.minhavida.com.br/saude/materias/14619-estudo-relaciona-apneia-do-sono-a-perda-de-audicao

Saiba Mais:     
  

Sonomax no FacebookSonomax no Twitter